Método

Através da realização da recolha de amostras em contínuo dos vários poluentes existentes, desenvolvemos um equipamento à medida, para responder e resolver cada situação específica.

Este não só monitoriza a qualidade do ar interior, fornecendo informação útil no sentido de garantir as condições de trabalho dos utilizadores dos seus espaços, como permite a definição de alertas imediatos em caso de anomalia.

A nossa solução possibilita que a empresa defina e leve a cabo uma estratégia proativa de prevenção e manutenção da qualidade do ar para oferecer melhores condições de habitabilidade a funcionários e clientes.

Equipamento, Processos
e Metodologia

É necessária apenas a instalação de um único Sistema Sensorial para medição da Qualidade do Ar Interior para monitorizar 10 componentes em contínuo.

Tendo como referência a legislação em vigor, a INNOVAIR define os poluentes que influenciam a qualidade do ar em espaço comercial e cria um produto que irá conter os sensores necessários para a sua correta medição.

Os períodos serão definidos de entre uma semana a seis meses.

Todas as medições são realizadas em tempo real e a equipa técnica da INNOVAIR irá monitorizar numa central a qualidade do ar de cada cliente, detetando possíveis deficiências na qualidade do ar interior.

As anomalias detetadas criam alertas automáticos por SMS e e-mail que o cliente recebe imediata e convenientemente, para além de serem registadas na aplicação.

Serviços

Análises pontuais: monitorização e entrega de relatório

Análises constantes: implica o acompanhamento e análise dos dad os por parte de um técnico especializado (mais de uma semana)

Análise contínua: monitorização 24/7

Indicado para áreas como centros comerciais, ginásios, hospitais, call centers, etc

Parâmetros Avaliados

Compostos orgânicos voláteis

Dióxido de azoto

Dióxido de carbono

Formaldeído

Humidade

Produto Innovair

Monóxido de carbono

Ozono

Partículas

Pressão

Temperatura

Benefícios da utilização
dos produtos INNOVAIR

Resposta aos requisitos previstos pela portaria 353-A/2013, de 4 de dezembro para os poluentes químicos
Monitorização integrada e em contínuo dos poluentes
Disponibilização imediata dos resultados e respetivo histórico
Capacidade de gerar alertas sobre má qualidade do ar
Capacidade de interagir com outros sistemas